Thursday, November 16, 2006

Brincos, nem pensar!

Semana que vem, a fofíssima filha de um amigo brasileiro casado com uma amiga japonesa vai completar 4 meses de idade. Ela já ganhou um par de brincos – presente do vovô brasileiro – mas vai ter que esperar alguns anos para usá-los.



É que a fofíssima mora no Japão e, aqui, criança não usa brincos. Tudo culpa da escola, que incentiva a “lei da homogeneidade” . Não é só a roupa dos alunos que é igual. Ninguém pode usar brincos e cia, nem maquiagem. Muito menos colorir o cabelo ou as unhas.

Depois dos 18 anos, quando ela e todos os jovens japoneses se livrarem da escola, aí sim poderão pintar e bordar.


Parêntese: comentei com o Kuni (meu amigo japonês-consultor para todos os assuntos do Japão). Ele disse “a escola não permite, mas você pode reparar que muitos adolescentes não obedecem”. É verdade.


Foto: não é da fofíssima! É de uma modelo-mirim da revista Pais & Filhos :P

12 comments:

Gisele Scantlebury said...

Karina, na Nova Zelandia elas so furam as orelhas depois dos 16 anos. Todo mundo estranhava quando eu contava que ja sai da maternidade de brinquinhos. La, eh como um ritual para elas furar as orelhas. Algo como completar 15 anos no Brasil. Eu tinha percebido que crianca nao furava orelha aqui, mas nunca tinha me passado pela cabeca que era uma norma da escola. Achava que fazia parte da cultura...

Karina Tiemi said...

Nossa, que diferente!
Aqui realmente quase já saímos do útero da mãe com brinco! rsrs
Lembro que eu tinha uns 3 ou 4 anos quando furei minhas orelhas...Mas nunca fui muito chegada em brincos, só agora que descobri na Liberdade uns brincos de origamis!! rs

Bjos

marcia kawabe said...

Furar a orelha não pode, mas enrolar a saia na cintura pra ficar mais curta pode :)

Afi said...

Sem querer avaliar o costume em questão é bom ver tal diversidade entre países e culturas.
Penso que apesar de ser uma norma escolar não deixa de refletir a cultura do Japão.

Angélica Camacho said...

Me muero! A mi me gustaron los brincos (aretes) desde que era chiquita (cosas que heredé de mi madre, loca por los ellos). En Japón hacerte buraco (hueco) recién saliendo de la escuela me parece una pesadilla (debe doler mucho también).

Besos

Yayoi said...

Eu furei minhas olheras só no ano passado que meus país não gostaram disso, mas como eu queria sempre colocar os brincos, finalmente resolvi furar, mas 4 furos, isso foi por eu ter uma liberdade individual!!

Maíra said...

Oi Karina! Poxe, tudo bem que não deixem fazer certas coisas mas usar brinco é um pouco demais, não acha?!
Qto a foto, é fofíssima na mesma.
Bjão

Yoshio said...

Pô, brinco não pode mais uma saia curtíssima nas escolas pode?

thassia said...

Oi, Karina!

Não dá para entender... Saia que quase deixa a bunda à mostra pode, mas um simples par de brincos não!
Imagine a cara de assustados, qdo os japoneses descobrem que tenho um pequeno piercing da orelha...

bjinhos (ah, prometo que vou comentar os seus posts com mais frequência...)

GENÁ FRANCO said...

é ... esse Japão da homogeneidade eu não gosto ...
Karina, um beijão!

Eduardo Massao said...

Oi. To indo pra Tokyo em janeiro e gostaria de saber se poderia me dar umas dicas para sobreviver nesta cidade. Quero saber onde faz o curso de nihongo, entre outras coisas... Onegaishimasu!
-> masksp@hotmail.com

Karina Almeida said...

PARA GISELE
nossa, nao sabia! mas sabe que eu acho legal isso?


PARA KARINA TIEMI
eu sai do hospital de brincos :D


PARA MARCIA KAWABE
hihihi... eh verdade : P


PARA AFI
voce voltou! que bom : )

tem razao, reflete a cultura sim. a ideia eh que sejam todos iguais. eu acho : P


PARA ANGELICA
pois eh. ainda tem esse detalhe. imagina furar a orelha agora? eu ia ficar com medo. hihihi...


PARA YAYOI
conheco outra japonesa que nao usa brinco porque os pais nao gostam. no brasil, eh completamente diferente : P


PARA MAIRA
sabe que eu ateh aprovo a ideia? entendo que na escola tem muita disputa: a mochila mais bonita, mais cara, mais chique e por aih vai.

sem joias, sem maquiagem, com a roupa, sapatos e mochilas iguais nao da pra se preocupar com isso. acho que o raciocionio eh esse...

depois de adultos, aih sim. aproveitam para vestir o que quiser : )


PARA YOSHIO
pelo visto saia curtissima aqui eh normal. nao pode eh decote. vai entender...


PARA THASSIA
oi sumida : P

pois eh, saia curta pode! mas esse seu piercing aih, nao :D


PARA GENA
eu fico dividida. em algumas circunstancias, acho valido. em outras, nao. acho que nao gosto eh da falta de jogo de cintura. aqui regra nao tem excecao. o dificuldade ne...


PARA EDUARDO
ola! bem-vindo ao meu japao! e bem-vindo a tokyo!

vou mandar um email pra voce, ok?


brigadissima e bjinhos PARA TODOS : )