Thursday, February 16, 2006

Aqui tem "garaná"


Sim, tem ガラナ アンタルチカ ザ ブラジリアン オリジナル (Garana Antarutika – za burajirian originaru). Quer dizer, Guaraná Antártica – the brazilian original. Ou, melhor, guaraná Antártica – o original do Brasil.

E eu ganhei uma latinha hoje. Que delícia!

Em Tokyo é difícil encontrar – só nos poucos restaurantes brasileiros – mas nas cidades onde a nossa comunidade é grande é muito fácil comprar um Guaraná Antártica, orginal do Brasil.

Em Hamamatsu ou Ota – não lembro mais – vi o nosso guaraná numa loja de conveniência. Mas para garantir a compra, é melhor ir a uma loja de produtos brasileiros. E nessas cidades aí, e em outras como Nagoya, esse tipo de loja tem de montão.

O preço? Também esqueci. Perguntei à Thassia, que mora em Ota, e ela acha que é 150 ienes (mais ou menos 2,60 reais). Não é tão caro assim né? Eu não acho. Quase sempre, matar a saudade sai muito mais caro.

No meu aniversário do ano passado, pensei em encomendar um bolo brasileiro. É que o bolo japonês é completamente diferente. Para matar a saudade, eu teria de desembolsar 7.000 ienes (mais ou menos 124 reais!) num bolo simples, de 15 cm de diâmetro.

Um “bolo” japonês custa em torno de 2.000 ienes (ou 35 reais). É menor - aliás, é mais fininho porque na verdade não é bolo, é torta - mas se comprarmos dois, ainda sai pouco mais da metade do bolo-saudade. Viram como o “garaná” é barato?

FOTO: frente e verso da lata de Guaraná Anrtática, original do Japão. Oops, original do Brasil. Não é fofíssima? Dá pena de jogar no lixo. Mas joguei. Guardei só a foto.

3 comments:

Thassia said...

Imagino a sua felicidade quando ganhou a latinha de Guaraná...
A saudade parece que é maior, qdo estamos longe de td issso. Lembro de qdo estive aí em Tokyo e fui para o Arraial de Moka, em Tochigi. Tinha acabado de chegar no Jp, mas fiquei super feliz em poder comer aqui no Japão, pastel e a coxinha.
Aliás, qdo vc vai aparecer por aqui e matar as saudades das carnes do Primavera, dos bolos brasileiros (um melhor q o outro hummm), da Sukita e do Prestígio (lembra do episódio da caixa de Prestígio e dos Chicletes Adams? vc chegou a perder o trem para Tokyo por causa dele...)??? O convite está feito, só falta msm marcar com o pessoal e vir pra cá. Ah não é tão longe assim, eh só duas horas e pouco de viagem!
Ah, já sei mais ou menos como vai ser o Meu Japão. Só falta um tempinho pra escrever...
bjinhos

Aquele q esquece sempre o guarda-chuva no guarda-guarda-chuva... said...

diga, karina.

Nao tenho me pronunciado mto, mas sempre passo no Seu Japao (e no dos seus convidados tb!). Faca chuva ou faca sol. :)

Sim, guarda-guarda-chuvas... sao coisas como essas q me fazem pensar se aquele slogan da Semp-Toshiba no Brasil eh mesmo verdadeiro ("Nossos japoneses sao mais criativos do q os outros".)

Ja se compararmos a criatividade das jornalistas mineiras, acho q terminamos todos no chinelo. ops, na suripa! :)

beijos, jim.

aquele q sempre esquece... said...

ops, postei no lugar errado. guarana, guarda-chuva eh tudo tao parecido, ne????

beijos
:P