Wednesday, January 18, 2006

Comprei duas vassouras



A Monica me chamou para ir a uma loja de 100 ienes - como se fosse a nossa de R$ 1,99 (não se esqueçam de que 1 dólar vale mais ou menos 110 ienes ou pouquíssimos reais). Fui só para acompanhá-la já que, hoje, conseguimos sair cedo do trabalho.

Ela comprou cabides, um produto que a gente acha que é para deixar o banheiro cheiroso - seis meses de aulas de japonês não são suficientes para ler as embalagens - e não lembro mais o quê. Eu também comprei: umas coisinhas para maquiagem, presilhas para o cabelo e duas vassouras.

Fiquei em dúvida. "Levo as vassouras ou não?" É que meses atrás, quando contei ao Kuni que carreguei um balde dentro do trem, ele deu muitas risadas. Eu perguntei: "só os japoneses que têm carro compram balde?". Ele, que é japonês, explicou: "claro que não, mas essas coisas a gente compra perto de casa".

Tive de ignorar os conselhos dele. "Não podia perder essa oportunidade", pensei. Oportunidade de comprar vassoura? É. E não estou me referindo ao preço, mas ao produto mesmo. Vassoura aqui no Japão é coisa rara. Vassoura como as nossas, de cabo comprido. Vassouras em estilo oriental, se é que posso chamá-las assim, são fáceis de encontrar.

Aqui, as vassouras são pequenas, com o cabo pela metade. Parecem aquelas de casinha de boneca. Sei que os japoneses, ou melhor as japonesas - que são as que usam as tais vassouras - não são tão altas como as ocidentais. Nem anãs! As casas também são pequenas, mas nem tanto como as de boneca. Não seria muito mais prático e confortável varrer sem ter que se abaixar tanto?

Eu acho. E odeio fazer faxina com essas vassourinhas de brinquedo. Outra opção seria o aspirador de pó, mas também não me agrada - se é que fazer faxina é agradável. Dizem que elas só usam as "mini-vassouras" para varrer a entrada da casa. Mesmo assim ainda acho que a nossa seria melhor.

Por isso não poderia perder a oportunidade de comprar uma vassoura normal, quer dizer, em estilo ocidental. Comprei duas porque uma é cor-de-rosa - a minha cor favorita - e parece própria para varrer os cantos. Quero testar. A outra é daquelas de piaçava. Não tem nada de especial - graças a Deus! A faxina deste final de semana promete!

FOTO: As vassouras que comprei e a que eu já tinha em casa (mini-vassoura). Essa pequenininha aí, eu só comprei porque achei muito fofa. Varri o meu quarto uma vez com ela. E nunca mais. Não quero ter problemas na coluna... Ah, eu limpo o quarto sim. Uso aspirador de pó. A foto foi tirada por mim. Último parêntese: as mais comuns são as mini-vassouras de piaçava. São idênticas às grandes, só que o cabo delas deve medir a metade (no máximo!).

26 comments:

Maíra said...

Oi Karina, é assim: depois de 1 ano e tanto morando em portugal e convivendo com portugueses a gente acaba pegando um pouco do sotaque. Me policio para escrever sempre em "brasileiro" no blog, mas tenho de admitir que as vezes escapa. É que as linguas são parecidas. Qdo é uma completamente diferente é mais fácil fazer isso.
Que engraçado isso das vassouras... Pensei que vassoura fosse igual em todo o lado do mundo! Hahahahha... Preparada para a faxina?! Odeio faxina!!! Mas aqui me adaptei ao aspirador de pó e agora vassoura ficou para segundo plano.
Bjos

Para o alto e avante! said...

A Karie tem uma mania de "Do Carmo"! Não consigo esquecer o dia em que me ofereci para ajudá-la a fazer mudança. De trem! Tive de carregar uma mala que mais parecia um fogão embalado! E sobe escadas (não as rolantes. As comuns mesmo) e desce escadas! Aaarrghh!

Raquel said...

Ai, Karina, vassoura! Que coisa de pobre!Daqui a pouco vou dar razão ao Ewerton e te chamar de Do Carmo!
Eu sempre detestei vassoura, mas de uma coisa eu sinto falta aqui no Japão: de um rodo e de um belo tanque pra lavar o pano de chão com escova. Creeedo! Baixou a Do Carmo em mim também!

dalton said...

E ai feiticeira! Duas vassouras eh engracado. To vendo que o final de semana vai ser pura faxina. Vai rolar a festa no seu ape? Limpa direitinho entao!!! Dal

has said...

cade a foto da vassoura pink!!!

carlos said...

So vc mesmo em Karina...rsrsrs Ve se nao vai virar bruxa.... Sera que vai conseguir fazer faxina mesmo neste final de semana????rs
Como o seu cruz diz, me lembro muito bem tambem do dia da mudaca, foi muito dez rsrsrs
bjs

Shin Shin said...

Creeeedo... Se já não bastasse as caixas.
Não se aflija, esse eu não contei para ninguém. ;D

dalton said...

Shin, coloca na roda - que caixas?

Thassia said...

Êêê... Finalmente conseguiu comprar a tal vassoura!!! Ouço essa história desde qdo cheguei no Jp (há quase sete meses). Agora só falta do tal do rodo, para a faxina ser completa, né?! hehehe
Pelo visto, o final de semana promete! A Do Carmo baixou msm...
bjinhos

Shigueko said...

Nem vassoura, muito menos rodo e tanque de lavar roupa!! Gente, vamos sair da idade da pedra!! Ai, morri de rir do texto e dos comentario...
Beijinhos

Karina Almeida said...

PARA MAÍRA

sim, no japão até as vassouras são diferentes!

e quanto ao "brasileiro", não se preocupe, você não vai esquecer. mas vê se continua contando as histórias, viu?!

beijos.

Karina Almeida said...

PARA PARA O ALTO E AVANTE

que exagero? minha mala não parecia um fogão não. você tá falando isso só porque levei um balde (enorme) e o varal de trem...

beijos. e não vem com essa história de "do carmo", viu?!

Karina Almeida said...

PARA RAQUEL

e você acha que eu não comprei um rodo porquê? porque não achei...

nossa, chega de pobreza! vou tentar escrever coisas mais chiques, igual ao do "outro japão".

beijos.

Karina Almeida said...

PARA DALTON

tô aceitando voluntários para a faxina...

beijos.

Karina Almeida said...

PARA HAS

vou colocar a foto, eu juro! espera mais um pouquinho, please.

beijos.

ps: "has", quem é você?

Karina Almeida said...

PARA HAS

vou colocar a foto, eu juro! espera mais um pouquinho, please.

beijos.

ps: "has", quem é você?

Karina Almeida said...

PARA CARLOS

e eu tenho fotos, lembra? mas, graças a deus, ficaram escuras. não dá para publicar...

beijos.

Karina Almeida said...

PARA SHIN

eu nem me lembrava mais dessas caixas... abafa o caso!

beijos.

Karina Almeida said...

PARA DALTON (de novo)

esquece. o shin vai abafar o caso (espero!).

beijos.

Karina Almeida said...

PARA THASSIA

é verdade! você é testemunha do quanto eu sonhava em comprar uma vassoura "normal" aqui...

beijos.

Karina Almeida said...

PARA SHIGEKO

vassoura para os japoneses deve ser coisa da idade da pedra mesmo né.

agora matei a charada! que vergonha...

beijos.

A CHATA said...

Eu sou a CHATA e vc a BRUXA!
2x BRUXA! Agora com vassouras!!!

Vc nao vai contar o que aconteceu depois de comprar as vassouras?

Beijinho da envolvida no caso

Karina Almeida said...

PARA CHATA

eu tenho vassoura, mas não sou bruxa!

você acha que vale a pena mesmo contar os bastidores do caso da vassoura??

beijos.

o nao-envolvido na historia said...

Conta logo o que a bruxa e a chata aprontaram....

Diego Nishi said...

Pra mim, a vassoura pequena como vc disse é pra varres o vão de entrada...mas ela é pequena pq as pessoas devem varrer com a Pá, não varre a área inteira, junta tudo e depois pega com a pá...meu pai aki ele faz assim...!!!
;]
Nishi san

André Raven da Tradição Telúrica said...

Amiga sei como voê se sentiu quando varreuseu quarto com a vassora anã. Eu tenho uma dessas e fiz o mesmo também por falta de opção. Doi até quando lembro. kkkkk