Saturday, January 14, 2006

Semi-analfabeta


Domingo passado, tive a minha primeira aula de kanji (os tais ideogramas complicados). Já sabia ler alguns - e até então nunca tinha escrito nenhum. Agora, já sei escrever seis! Para me tornar alfabetizada na língua japonesa, só faltam 1994...

É que para ser aprovado no exame de proficiência - nível 1, que é o mais avançado - é preciso dominar 2 mil kanji. E dominar significa saber ler e escrever (à mão. no computador, não vale!). E, ainda, ter um vocabulário de 10 mil palavras, vasto conhecimento da gramática e por aí vai.

Às vezes, tenho vergonha de contar que moro há dois anos no Japão e ainda não falo japonês. Quando descubro pessoas que estão aqui há dez, quinze anos e também não falam, me sinto aliviada. Mas, outras vezes, vejo aquelas que aprenderam em poucos meses e volto a sentir vergonha.

Quero me justificar: pensei que aprenderia só de estar aqui. Não queria pagar caro para estudar japonês no Japão. "Não faz sentido", pensava. Então, tentei estudar com uma japonesa que queria aprender português. Uma ensinaria à outra, de graça. Ficamos amigas (é a Mai) e não aprendi nada! É que ela já sabia um pouco da minha língua e assim a gente se comunicava.

Procurei uma Associação Internacional. Lá, eu também poderia aprender sem gastar um tostão, aliás, um iene. Em vão! Os professores voluntários eram tão velhinhos que, nem se eles falassem português, eu entenderia. Desisiti.

Aí me deram uma sugestão: "se quiser aprender japonês, você tem que arranjar um namorado japonês!". Adorei a idéia, mas me dei mal mais uma vez. Descobri que para arranjar um namorado japonês, o primeiro passo é falar japonês. Mais ou menos igual àquela história do ovo e da galinha.

Voltei à estaca zero e me matriculei numa escola. O que eu deveria ter feito, logo que cheguei. Comecei a estudar em agosto do ano passado e, agora, já posso dizer que deixei de ser analfabeta. Alcancei o status de semi-analfabeta (que para os estrangeiros no Japão é uma grande conquista): sei ler e escrever hiragana e katakana (outros ideogramas, só que menos complicados) e seis kanji!

Também não preciso mais esperar outros passageiros do trem se dirigirem até a porta para saber de qual lado será a saída. Quando o mocinho do alto-falante diz "deguchi wa hidari gawa desu", eu já sei que é pela porta esquerda. Sei ler muitas coisas do cardápio nos restaurantes e até perguntar se tem cebola. E, se tiver, ainda peço para tirar.

Estou feliz com o progresso. Quando acho que não sei nada de japonês, olho para trás e vejo o tanto que aprendi. Nihongo wa muzukashii desu ga totemo omoshiroi desu! (Japonês é difícil, mas muito interessante!)

FOTO: esses aí são os seis kanji que aprendi a escrever. Significam os números 1, 2, 3, 4, 5 e 6. A foto é do meu livro e fui eu que tirei (por isso está desfocada)

9 comments:

Anonymous said...

Aqui eh o Truman de novo, entrando pela porta certa! como vc nao me reconhece? todo mundo acompanhou minha vida 24 horas desde o meu nascimento! qdo percebi q meu mundo era apenas uma cidade cenografica surtei e sai pela porta dos fundos e sem olhar para as cameras! agora to pedindo asilo por aqui...posso??? visto permanente, hein! e SEM trabalho!

me reconheceu???? :P

ah, e tenho q dizer q adorei a mudanca... agora sim, da pra chamar seu Japao de "La Isla Bonita" cercada de boas ideias por todos os lados...

beijos

Karina Almeida said...

tem razão. impossível não te reconhecer!

bem-vindo ao meu japão. pode entrar, você já tem visto permanente.

só espero que não vá pedir asilo em outro lugar.

beijos, karina.

obs: tô achando que os comentários vão fazer mais sucesso que o blog...

Anonymous said...

parabéns, Karina Almeida! seu blog tá muito simpático. já tinha acessado lá da Fapemig e feito um testamento com as novidades, mas quando fui enviar a mensagem, deu que o site era bloqueado (esse pessoal da informática é muito malvado). vc tá muito sumida. não veio ao Brasil no fim do ano, né? continue escrevendo e, de vez em quando, mande e-mails. beijos!

Anonymous said...

PS: vc viu que eu sou nova nesse negócio de blog. escrevi a mensagem e esqueci de assinar. então, lá vai: beijos, Vanessa.

Maíra said...

Olá!!! Que bom receber pessoas novas no meu blog!!! Espero que tenha gostado e volte sempre!!
Escrevo muito sobre os hábitos e cultura portuguesa, entre outras coisas, claro. Mas adorei ler o teu blog tb!! Já tinh dito pro Ewerthon que adoro o Japão e falar japonês era um sonho para mim!!! =) Vai em frente, vc consegue aprender os 2000 "coisinhos" lá!!!
Bjos

Alisson said...

Ah, agora sim Arrumeida!Muito bom, fiocu a sua cara!Se é que vc tem cara de bolinhas né?hehe...Parabéns e sucesso.Bjo

Karina Almeida said...

PARA VANESSA

nem precisava assinar! fapemig, site bloqueado... a sua mensagem estava cheia de pistas.

obrigada por visitar o meu japão. vê se volta sempre tá? vou te esperar.

ah, e você nunca pensou em virar blogueira? eu apanho da internet, mas tô me divertindo. e acho que você também vai gostar!

beijos.

Karina Almeida said...

PARA MAÍRA

pode deixar que sempre vou dar uma passada lá na sua caravela brasileira. muito legal!

ainda sou aprendiz de blogueira, mas quero colocar o seu blog na minha lista de leitura obrigatória também.

ah, não sabia que você tem vontade de aprender japonês. quem sabe eu não consigo te convencer a visitar o japão e até estudar aqui?

beijos.

Karina Almeida said...

PARA ALISSON

gostou das bolinhas? se eu pudesse escolher, elas seriam cor-de-rosa. aí sim o blog seria a minha cara. mas tá bonitinho assim né. pra quem viu as primeiras versões então...

quero ver você sempre por aqui viu?

beijos.