Monday, January 16, 2006

Cadê o botão da descarga?


Dois anos no Japão não são suficientes para conhecer todas as variações de botão de descarga (é, tô falando do vaso sanitário, da privada). E não é lerdeza minha não. A Shigeko, que está aqui há mais de quatro anos, disse, hoje, que ainda costuma encontrar banheiros diferentes por aí, quero dizer, por aqui.

Dessa vez, a novidade não era apenas no botão da descarga. Estávamos num restaurante temático – da Alice no País das Maravilhas – e todas as meninas da nossa turminha que voltavam do banheiro faziam a mesma pergunta: “vocês conseguiram abrir a torneira da pia?” Eu não prestei atenção na resposta e quando chegou a minha vez, me arrependi. Tive de voltar lá na nossa mesa e pedir socorro: “gente, eu não consigo abrir a torneira!”

A torneira é em formato de ducha de chuveiro. Não tem nenhum botão, não tem sensor, não tem nada. Tentei girar a ducha, mas nada acontecia. Procurei as instruções (quem sabe eu não conseguiria ler algum kanji), mas também não tem. Disfarcei na hora que entrou uma japonesa no banheiro e até pensei em pedir ajuda à ela, mas fiquei com vergonha.

Quando as meninas me explicaram, não acreditei: “é só pisar num botão, que fica no chão!”. Essa hitstória me fez lembrar um e-mail que mandei para os amigos do Brasil, não sei quando. Deve ter sido no início de 2004. O assunto era o botão da descarga. Resolvi publicá-lo aqui. Afinal, ele está atualizadíssimo!

É que ainda no País das Maravilhas, eu tive de perder uns minutinhos procurando o botão da descarga. Nem contei para as meninas e para os meninos, mas só para saber se eles lêem o meu blog. O botão fica na parede ao lado do vaso e, na verdade, é mais que um botão. É um painel, cheio de coisas. Tem até a hora local. Pensei que fosse sensor, passei a mão e nada. Depois vi que tem um botão com um kanji conhecido lá. Era esse.

Mas aí vai o e-mail:

Não sei se já contei mas aqui tem vasos sanitários de todos os tipos. Tem em estilo oriental, que é praticamente um buraco no chão e tem vários em estilo ocidental. Desde aqueles comuns como os das nossas casas aí no Brasil até umas privadas sofisticadas com um monte de botões, esterilizadas, aquecidas, com duchinha e "ventinho" automáticos e tudo mais que vocês imaginarem.

O problema é que o botão de descarga varia muito de modelo e de lugar e eu sempre tenho dificuldade de encontrá-lo. Outro dia, na estação de trem, fui ao banheiro e não achava o botão da descarga de jeito nenhum. Olhei na parede lateral - dica da Raquel -, no próprio vaso e nada. Até que, sem querer, pisei num botão e a descarga disparou. Isso mesmo, a descarga era no chão!

Mas este foi o de menos. O engraçado foi no banheiro de um shopping em frente ao jornal (onde eu trabalho). Fui lá, fiz o que tinha de fazer e na hora da descarga começou o meu desespero. Não tinha um botão, uma alavanca, nada! Olhei no teto, no chão, na privada, na parede e nada! Eu pensei: “meu Deus, eu não posso estar ficando louca, não tem botão de descarga aqui”.

Procurei mais um pouco, vi uma plaquinha na parede (em japonês, claro) e apertei um botãozinho preto que tinha lá, mas não adiantou. Parece que não era um botão, apenas uma bolinha. Aí, pensei: “paciência, vou embora sem dar descarga. Senão, vou perder a hora do meu almoço aqui". E quando eu abri a porta para sair, a descarga disparou...

Chegando ao jornal, contei à Silvia. Ela explicou que eu tinha de passar a mão em frente à tal plaquinha na parede, que tem um sensor. Não tem que apertar nada. E se alguém esquecer da descarga, a porta aberta aciona o sensor. Pra que tudo isso né?

FOTO: Cedida pelo Dalton no dia 16 de janeiro de 2006. Ele pediu para eu não contar, mas preciso colocar os devidos créditos. Ele a "roubou" do blog de outra amiga. Eu não tenho nada a ver com isso... Ah, isso aí é um vaso sanitário em estilo oriental. Pode ser rosa, de bolinha, não adianta. É horrível!

16 comments:

Dalton said...

vou mandar uma foto de um banheiro bem trash para o seu email, dai voce publica a foto(se interessar). A foto nao eh minha, eu roubei de um site de uma amiga.....nao precisa fazer nenhum comentario a respeito/....

Maíra said...

Olha, eu dei muitas risadas com esse seu post!!! Queria ver as fotos desses banheiros com descargas loucas.
Taí uma idéia: porque não faz uma sessão de fotos de banheiros malucos no Japão?! Podia té fazer um flog só disso!!! =) Olha eu a inventar coisas!!!
Bom, boas descargas para vc!!! Que vc tenha muita sorte e esperteza para as encontrar!!! =D
Beijinhos

Anonymous said...

faaala, karina!

me diverti bastante imaginando vc a procurar a descarga ou a torneira. se o post pudesse ter uma musica de fundo, esta seria minha sugestao: "i still haven't found what i'm looking for".

ei, falando nisso, depois do bon jovi, bem q vc poderia encarar o bono vox com a gente? q tal? seria um "beautiful day", nao???

beijos Todos Poderosos

Shi said...

Pois eh... eu tbem nao entendo pra que complicar tanto!! Ou serah q tem alguma logica nisso tudo q a gente ainda nao sacou?? Tudo bem q a gente nao le japones, mas acho um absurdo ter q ler onde estah escondido o tal botao!!

shigeka said...

Ah, fofa!! O blog eh seu, vc faz o q quiser nele!! (Espertinha... ;P rsrsrs)

Karina Almeida said...

PARA DALTON

oi. obrigada! publiquei a foto que você mandou. só que com os devidos créditos, tá?

beijos.

Karina Almeida said...

PARA MAÍRA

adorei a sua idéia. só tem um probleminha técnico: eu ainda tô apanhando desse treco. tenho que aprender a mexer nas fotos.

mas, logo, logo, vou encher o meu japão de fotos. espero...

beijos.

Karina Almeida said...

PARA QUEM DEIXOU BEIJOS TODOS PODEROSOS

jim carrey, é você? acho que sim né. quer dizer, tenho certeza!

nossa, ia ser o máximo um blog com fundo musical né. mas se eu não consigo colocar nem fotos...

depois a gente conversa sobre o bono ok?

beijos.

Karina Almeida said...

PARA SHIGEKO

shigeka, para de me chamar de espertinha!

eu só quero interagir com os meus leitores. você acha que eu só penso no ibope né?

não sou tão maquiavélica assim...

Dalton said...

sua fofoqueira! nao vou arranjar mais nenhuma foto para o seu blog, risos...

Karina Almeida said...

PARA DALTON (de novo)

viu como eu sou traíra? traí o ewerthon e você! mas foi para o bem da nação...

e eu sei que você não parar de mandar fotos pra mim. né?

bjinhos.

shigeka said...

Ela nao eh fofoqueira... ela eh espertinha... ; P
ps: soh to te enchendo, xata!!!

Karina Almeida said...

PARA SHIGEKO

ainda bem. pensei que tivesse perdido a minha fã número 1...

beijos.

Susana Maria said...

Sanitários na Finlândia
Oi, Karina
Morei 2 anos na Finlândia e o sanitário das casas de campo de lá é pior q estes antigos aí do Nihon! Por motivos ecológicos, quase 100% das casas de campo da Finlândia tem o banheiro para fora da casa e sem descarga! Na verdade a privada é uma caixa de madeira com um buraco redondo e depois de usar o banheiro a gente joga cal no tal buraco, nem preciso comentar o imagem de horror q a gente tem ao olhar para o fundo do tal buraco...
Eu tenho até uma foto, só nao tenho um blog ainda para publicá-la!
Até mais

Anonymous said...

Karina,

A pia do banheiro do Ponto Chic do Largo do Paissandu (centro de São Paulo, SP) também tem o botão de soltar água no chão.
Creio que seja por motivos de higiene: assim você não suja a mão ao fechar a torneira.

Abraços,

Cesar M

Diego Nishi said...

Bem, pra mim, quanto aos botões e sensores é igaul aos de ônibus, por higiêne...para vc não precisar colocar a mão onde todos colocam...Só pode ser isso...!!!
Diego Y. Nishi